Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DIÁRIO 89

Criando memórias desde 1989

06
Mai19

Segundas

catsmondays.jpg

Hoje acordei com o sol a entrar pela janela e decidi ir correr sozinha pela primeira vez. Corri uma curta distância, mas continuei com uma caminhada através dos pedaços de natureza que existem por aqui. Música nos ouvidos, raios de sol no rosto e uma calma dentro do coração. Sabe tão bem.

10
Abr18

Onze

Depois de meses parada, em modo hibernação, enchi-me de motivação e voltei à corrida. Hoje no segundo treino desde então, atingi os meus primeiros onze quilómetros! Nunca imaginei que algum dia corresse, quanto mais onze quilómetros. Mais impressionante, é que já dei por mim a pensar quando é que ultrapassarei estes onze!

31
Jul17

Corrida, um ano depois

Há sensivelmente um ano lancei-me na corrida depois de muitas tentativas falhadas. Era algo que eu admirava nos outros, mas apesar da dificuldade inicial aliada à preguiça fui integrando a corrida na minha vida.

Hoje um ano depois relembro a primeira volta ao lago que corri com cerca de 3km, sem sequer imaginar o quanto eu iria correr um ano depois!

Corri em dias demasiado quentes, nas noites precoces e frias do inverno e até debaixo de um céu carregado de nuvens escuras que acabou num temporal, e não desisti. Houve dias em que corri mais, outros menos, mas recentemente bati o meu record que era de 8,77km atingindo os meus primeiros 10km! Inacreditável não é? Só me faz acreditar que tudo é possível quando queremos. Nunca imaginei que a corrida se iria tornar num motivo de orgulho para mim!

23
Set16

De volta aos treinos

Depois das férias de Verão, além da saudade dos bons momentos passados, trazemos connosco também uns quilinhos a mais, não fossem os nossos papás nos quererem mimar com o melhor que há na vida: comer e beber! Confesso que nos primeiros dias de férias consegui resistir a várias tentações, e até cheguei a ir duas vezes correr (debaixo de muito calor), mas quando estive em Mallorca, foi impossível continuar a resistir! Alguém consegue dizer não aos pequeno-almoços de hotel? Eu não! A partir daí foi e tem sido o desleixo total.

Durante as férias, fui correr apenas duas vezes e para o calor que estava até fiz uns bons quilómetros. A primeira vez foram 6,88km e a segunda 6,15km. Depois destas duas vezes, seguiu-se umas semanas de pausa, e enquanto a alimentação não volta a ser controlada (sim porque para isso, é preciso todo um processo mental de aceitação), ontem demos as boas-vindas ao Outono com o regresso à corrida! Com boa companhia a motivação é logo outra, por isso não custou nada sair de casa. Ia mentalizada em fazer apenas uma volta no percurso que costumamos fazer. Porém, como disse a companhia é mais que uma motivação, e então se for uma das melhores amigas, em que tem de se actualizar as fofocas, nem se dá pelo tempo passar, que é como quem diz, pelos quilómetros a ficar para trás. O objectivo de uma volta, triplicou! Foram três voltas, que me levaram a ultrapassar o meu record que era de 8,36km, a quase 9km!

Eu que detestava correr, e invejava aqueles que tinham prazer em fazê-lo, hoje sinto que me faz bem. A nível físico, mas sem dúvida muito mais a nível psicológico, pois tem sido um verdadeiro desafio. Estou orgulhosa de mim, atingi 8,77km!

22
Ago16

Eu corro, para que fique registado

19834692_0TEhT.jpeg

A meio do mês de Julho decidi (uma vez mais) ter mais cuidado com a minha alimentação e aliar a isso a prática de algum exercício físico, de forma a perder alguns quilinhos que estão a mais neste metro e meio de gente. Sim, porque infelizmente eu nasci com uma genética que tem tendência para engordar!

Sou uma pessoa bastante gulosa, por isso considero que a gula é o meu pecado capital. É então um pouco difícil resistir ao fruto proibido, quando este é o mais apetecido certo? 

Tenho então feito cuidado com aquilo que como diariamente, comecei a beber mais água (algo que eu mal fazia, e agora bebo sempre um litro e meio por dia) e mais impressionante de tudo... comecei a correr! Sim, actualmente corro, e nas últimas semanas tenho corrido de duas a três vezes por semana, pelo que tenciono deixar aqui registado este grande feito que não sei até quando vai durar, mas que me tem deixado muito orgulhosa e com algumas dores nos joelhos.

Eu nunca fui muito dada a desporto, e as únicas actividades que fiz nos últimos anos foi mesmo caminhada e andar de bicicleta. A caminhada, é algo que gosto bastante de fazer com uma boa companhia, mas nunca vi grandes resultados físicos. A bicicleta, sei que se andasse mais vezes iria ter resultados, mas desde que esta foi roubada a esperança de um corpo perfeito a pedalar desvaneceu-se! Então só me restou a corrida, algo que nunca gostei e que actualmente ainda não posso dizer que adoro.

Já há bastante tempo que digo para os meus botões que gostava de conseguir correr e de me sentir bem no fim de uma corrida, como tenho a impressão de ver as pessoas se sentir. Então um certo dia experimentei começar a correr com o namorado, e aquilo foi um pára-arranca interminável. Não aguentava nem dois minutos seguidos, que me sentia logo a abafar. E depois de mais um dia a tentar, desisti. Ao namorado juntaram-se uns amigos, que motivados uns pelos outros lá iam correr várias vezes por semana, e houve um dia que tentei com eles, corri ao ritmo deles (bem mais devagar que o ritmo que eu tinha tentado inicialmente) e até aguentei. Uma pequena esperança voltou a surgir.

Então voltei a dar uma chance à corrida e lá tenho ido eu mais de uma vez por semana e se eu não aguentava nem dois minutos a correr, pois bem actualmente aguento quase uma hora, o que me deixa ainda incrédula! Tenho registado os meus tempos, bem como as distâncias e até os percursos que tenho feito e o meu record até agora é de 8,36 km! Nem sempre faço a mesma distância, pois por vezes faço percursos diferentes e há dias em que estou mais cansada que outros, mas aquela distância já ninguém me tira!

Agora estando de férias, não quero descurar deste pequeno hábito que tenho tentado manter, e vou tentar ir uma vez ou outra correr, porque os resultados têm sido visíveis. Sinto que tenho muito mais resistência, que consigo controlar a minha respiração de forma regular e que o meu corpo está a mudar de silhueta! E isso tudo em poucas semanas. Só espero não perder esta motivação, que apesar de muito esforço me tem feito bem.

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

MEMÓRIAS

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D