Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

DIÁRIO 89

Criando memórias desde 1989

24
Jul19

Phi Phi

Ir à Tailândia e não ir às Phi Phi, é como ir a Roma e não ver o Papa, se bem que fui a Roma e não o vi! A viagem às ilhas Phi Phi estava incluída no nosso roteiro pela Tailândia, sendo uma das coisas pelas quais estávamos bastante ansiosos.
Num dos dias por Ao Nang, fomos ter ao cais de embarque onde entramos num Speed Boat, o qual nos levaria ao paraíso. Colocamos os coletes e rapidamente percebemos o nome destes barcos, quando ele navegava literalmente aos saltos contra as ondas do mar. Tínhamos quarenta e dois quilómetros pela frente, mais de uma hora de viagem marítima.
A primeira paragem deu-se na ilha de Bamboo, uma pequeníssima ilha de areia branca, mar cristalino e muitas árvores, onde numa visita breve aproveitamos logo para dar o primeiro mergulho. Não houve muito tempo para fotografias aqui, mas a praia era absolutamente incrível.

IMG_1669.JPG

IMG_1679.JPG

IMG_1690.JPG

Depois de refrescados prosseguimos viagem, agora sim para as Phi Phi, mas antes de pormos o pé em terra firme mergulhamos em dois lugares diferentes para praticar snorkeling à volta da ilha. Paramos numa zona bem calma, onde de friozinho na barriga lá nos atiramos do barco para ficarmos a boiar nas maravilhosas águas tailandesas. Nadamos felizes por estarmos nas míticas ilhas Phi Phi. 
Mergulhamos de seguida num ambiente bem mais agitado, devido às ondas existentes no lugar onde o barco nos levou. Para além das ondas, inúmeros corais e peixes surgiram diante dos nossos olhos. À felicidade de ali estar, juntou-se a gratidão.

IMG_1692.JPG

IMG_1708.JPG

FHD0073.JPG

FHD0096.JPG

Depois desta aventura, onde acabei por perder os brincos na movimentação da água, voltamos para o barco o qual se se tornou um pesadelo para a maior parte dos ocupantes. Devido às ondas a maior parte das pessoas ficou enjoada, algumas acabando mesmo por vomitar. Eu concentrei-me e tentei controlar o meu estômago, o qual acabou por se portar bem.
A viagem prosseguiu onde a habitual paragem por Maya Bay não aconteceu, por esta se encontrar fechada devido à destruição dos corais, que infelizmente acontece devido ao turismo abusivo. Esta praia tornou-se conhecida pelo filme "A Praia" de 1999, com Leonardo DiCaprio, filme que voltei a ver com outra atenção depois desta viagem.
Passamos por Monkey Bay, um lugar onde os macacos são os habitantes. Dentro do barco, admiramos-os à distância, em mais um tranquilo dia das suas vidas.

IMG_1743.JPG

IMG_1725.JPG

IMG_1736.JPG

Finalmente pusemos o pé nas Phi Phi, em Ton Sai Beach, onde fomos recebidos com um grande almoço. Depois de tantos mergulhos, o apetite era inevitável, pelo que comemos com enorme satisfação e até repetimos. Já de barriga saciada, partimos explorar este cantinho.

Num ambiente calmo e sereno, vagueamos pela ilha, apreciando cada recanto, as paisagens de tirar o fôlego e as pessoas que fazem parte daqui. Tenho imensa pena de ter estado aqui apenas por uma tarde. 

IMG_1778.JPG

IMG_1753.JPG

IMG_1779.JPG

IMG_1833.JPG

IMG_1882.JPG

Adorava voltar por tempo indeterminado para explorar tudo ao pormenor!

2 comentários

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contacto

diariooitentaenove@gmail.com