Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DIÁRIO 89

Criando memórias desde 1989

01
Mar10

Amor eterno

Durante o estágio que estou a realizar faço alguns domicílios, e numa das casas que já fui duas vezes há algo que se pode dizer tratar-se de amor e dedicação.

Nessa casa vive um casal de idosos, a senhora não anda, pouco fala, está debilitada e quando lá chegamos ela está sempre sentada na sua cadeira de rodas. Como vamos lá tratar de uma úlcera que ela tem no fundo das costas, é necessário deita-la na cama, mas nunca o precisamos de fazer, porque o marido pega nela sozinho metendo-a na cama delicadamente.

Ao ver este ato ponho-me a pensar na dedicação daquele marido, e principalmente o amor. Ele cuida dela todos os dias. É bonito ver estes casais idosos, unidos durante anos e anos, na saúde e na doença, até que a morte os separe.

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.