Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DIÁRIO 89

Criando memórias desde 1989

22
Fev19

Chegar aos trinta

Cheguei aos trinta. Preciso escreve-lo para acreditar nisso, pois interiormente sinto a idade como apenas um número. Sinceramente? Acho que me sentirei sempre assim, jovem e com vontade de viver este mundo e o outro, apesar dos anos desfilarem a uma velocidade estonteante.

Chegar aos trinta é sentir-me imensamente grata por aquilo que a vida me tem dado, e por aqueles que fazem parte dela. É continuar a sentir-me uma miúda, mesmo com as primeiras rugas a quererem dar o ar da sua graça. É conhecer-me cada vez melhor, e adorar esta auto-descoberta. É saber que sou feliz com coisas simples, como um pôr do sol, um amanhecer ou uma lua num céu estrelado. É nunca perder o meu lado sonhador, que julgo ser a característica que mais me define. É não me impedir de me deixar levar pela música, seja dançando ou sonhando um pouco mais. É querer acreditar que existe algo que nos transcende, algures no universo, que nos guia e nos conforta. É realizar que há planos que não passam disso, e aceitar a vida como uma caixinha de surpresas. É ter um pouco de medo do amanhã, mas a coragem e a fé serem maiores. É ainda não ter filhos, mas sentir os sobrinhos como um pequeno pedaço de mim. É começar a pensar em ter os meus. É sentir imensa saudade daqueles que já só vivem dentro do nosso coração. É ter tatuado o sentimento que melhor define aquilo que a felicidade deixa na nossa alma, a saudade. É ter viajado por aqui e por ali, mas ter vontade de agarrar numa mochila sem destino. É adorar este meu lado aventureiro. É sentir que estou aqui por um propósito, e estar ansiosa de o descobrir. É ter aberto os olhos ao mundo há três décadas, sem saber o que ele tinha para me mostrar, e hoje sentir que eles são pequenos demais para tudo aquilo que eles anseiam ver. É isto e tanto mais.

De Florença com amor.

15
Fev19

Jour d'humour

IMG_20190215_115126-01.jpeg

Neste primeiro São Valentim, enquanto marido e mulher, ele ofereceu-me talvez a prenda mais original de todas. Tive direito a uma caixa de chá toda fofa! Chá biológico de uma das regiões de França que quero muito conhecer um dia, Provença. Era tudo ainda mais fofo se ele dissesse que o chá era para sonhar um bocado com uma viagem lá, em vez de dizer que era para a azia que tenho de vez em quando. Vá, depois de tantos anos o humor mantém-se!

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

MEMÓRIAS

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D