Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DIÁRIO 89

Criando memórias desde 1989

27
Fev17

Vinte e oito

Pois é, enquanto andei ausente por aqui, tornei-me um pouquinho mais vintage! Completei mais uma primavera na última quarta-feira, deixando-me mais perto dos temíveis 30! Visto ter trabalhado no fim de semana, acabei por festejar no próprio dia com os amigos, porque quando a gente quer a quarta-feira vira sábado não é? Para dizer a verdade nem estava com grande vontade de festejar, mas lá acabei por me motivar e preparei tudo com carinho de forma a receber os meus vinte e oito anos da melhor maneira!

Foi uma noite bem passada com os amigos, com direito a uma vídeochamada com a família que me aqueceu o coração. Ao atender a chamada perguntaram se podiam cantar-me os parabéns, com direito a bolo com velas e tudo! Fiquei mesmo feliz com esta pequena surpresa que me prepararam, pelo que foi difícil não me sentir emocionada. Coisas simples, com tanto valor!

20170222_195908.jpg

20170222_195913.jpg

20170223_002041.jpg

 Bora aproveitar os vinte e oito! 

16
Fev17

Cala Agulla, posso voltar?

Sei que ainda estamos no Inverno, mas quem é que já não sonha com o Verão? Cala Agulla foi a praia que me conquistou na ilha de Mallorca. Esta praia estava no nosso roteiro nos dias em que resolvemos explorar um pouco mais a ilha, para além da zona onde estavámos hospedados. Foram várias as praias que me encantaram com a sua beleza, mas esta em particular. Uma pequena praia paradísiaca de areia branca com uma àgua tão azul e cristalina que facilmente conseguimos ver os peixes a nadar. E a paisagem que a envolve? Pequenas montanhas repletas de àrvores verdes que resultam num autêntico pedaço de paraíso! Foi sem dúvida este cenário de natureza que me conquistou, visto que aqui me senti verdadeiramente numa ilha. O único senão desta praia é a quantidade de gente que enche rapidamente o pequeno areal, e as pessoas nem sempre são muito amigas do ambiente o que é de lamentar. Cala Agulla, posso voltar?

20258764_dRh1Y.jpeg20258768_kdI8s.jpeg20258771_KcoNl.jpeg

20258767_4eKsP.jpeg20258772_MEUGE.jpeg

Impossível não nos rendermos a este paraíso!

10
Fev17

Cuidar dos teus quase meus

Já aconteceu algumas vezes cuidar de familiares de colegas de trabalho no meu serviço. Recentemente tem sido a avó de uma colega, a qual têm sido recorrentes as suas hospitalizações nos últimos meses. Devido às suas várias "estadias", ela acabou por se tornar conhecida de todos, pelo que toda a gente a mima e a adora pelo seu carácter forte! Há umas semanas atrás, transferimos-a para outro serviço visto que uma complicação tinha surgido após uma intervenção que ela tinha sido sujeita. Vi na cara da médica do serviço que a coisa parecia séria. Após umas semanas a ser acompanhada na especialidade devida, ela regressou ao nosso serviço num estado que nunca a tínhamos visto. Bastante degradada, confusa e obviamente sem sinais de melhoria. A minha colega foi receber a avó assim que a viu chegar, mas rapidamente deixou-nos sermos nós a instala-la devidamente no quarto, voltando mais tarde. Quando voltou, falou para a avó que ainda estava bastante confusa, e deu-lhe vários beijos no rosto começando a chorar. Foi tão difícil conter as lágrimas ao assistir a este momento, mas foi ainda pior sentir que daqui para a frente as coisas poderão se tornar mais duras.

Ao fim do turno ela já abria os olhos e já se ria para nós, e a memória que já lhe falha começava a voltar. Ficamos felizes por ver a avó da nossa colega um pouco melhor. A avó dela e quase nossa, depois de tantas vezes que cuidamos dela. Esta será mais uma, na qual daremos o nosso melhor.

03
Fev17

Reencontros

Para começar bem o fim de semana, hoje temos um jantar com o grupo de portugueses que se conheceu por terras francesas bem no início desta aventura! Entretanto as vidas de cada um seguiu diferentes rumos, e as afinidades tornaram-se mais afirmadas com uns do que com outros. A última vez que nos conseguimos juntar todos foi há três anos, pelo que desde aí muito aconteceu. Uns casaram, outros compraram casa, uns mudaram de emprego, outros já têm filhos, entre tantas outras coisas. É tão giro pensar que a última vez que estivemos juntos, era tudo tão diferente, que éramos apenas jovens cheios de sonhos longe do nosso adorado país! Hoje três anos depois, certamente com algumas pedras pelo caminho, é visível o quanto as nossas vidas mudaram, e posso quase afirmar por cada um daqueles que vou reencontrar hoje, que nenhum de nós se arrepende da decisão que nos une: sair de Portugal e arriscar numa nova vida longe daquilo que nos traz tanta saudade. Porque afinal de contas, aquilo que nos arrependemos mais na vida, é aquilo que não fazemos certo?

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

MEMÓRIAS

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D